Assembleia da ADUFPA vai avaliar indicativo de paralisação de 48 horas

Professores da UFPA irão discutir nesta terça-feira, 10, um indicativo nacional de paralisação durante 48 horas neste mês de setembro.  A discussão será feita em Assembleia Geral da ADUFPA a partir das 10 horas, no hall da reitoria. Os docentes também irão debater a mobilização da categoria para a sessão do Conselho Superior Universitário (Consun), que irá analisar a adesão da UFPA ao programa Future-se, prevista para ocorrer no dia 23 de setembro.

O indicativo de paralisação foi aprovado na reunião do Setor das IFE do ANDES-SN, nos dias 24 e 25 de agosto, quando foi convocada uma rodada de assembleias de base em todas as universidades do país para avaliar a proposta. O resultado das assembleias será levado para uma próxima reunião do Setor neste dia 12 de setembro, em Brasília.

Segundo a diretoria do ANDES-SN, a intenção é construir a paralisação de 48 horas em conjunto com as demais entidades nacionais da educação, fortalecendo a luta contra o Programa Future-se e os cortes no orçamento das universidades e institutos federais.

Os dias da paralisação de 48 horas ainda não foram definidos nacionalmente, mas na Assembleia Unificada da UFPA, realizada no último dia 4, foi apontada a proposta de ser nos dias 19 e 20 de setembro, para coincidir com as mobilizações da Greve Global pelo Clima, que está sendo construída em mais de 125 países.