Docentes, estudantes e técnicos da UFPA promovem Assembleia Unificada nesta quarta

Docentes, estudantes e servidores técnico-administrativos da UFPA promovem nesta quarta-feira, 4, uma Assembleia Unificada da UFPA para discutir o programa Future-se. O evento deve reunir centenas de membros das três categorias a partir das 16 horas, no hall do Mirante do Rio, no campus Básico.

Para intensificar a mobilização, a diretoria da ADUFPA esteve panfletando ao longo do dia de hoje, 2, no Restaurante Universitário e nos portões da UFPA, convocando os membros da comunidade universitária para participarem da Assembleia Unificada e rejeitarem a adesão da Universidade ao programa Future-se. A UFPA irá decidir no próximo dia 23 de setembro, às 9 horas, durante sessão do Conselho Superior Universitário (Consun), se adere ou não ao programa do governo federal.

O diretor-geral da ADUFPA, Gilberto Marques, ressalta que em Assembleia Geral da categoria, no último dia 22 de agosto, os professores da UFPA decidiram rejeitar integralmente o programa Future-se. Agora, a expectativa é aprovar a rejeição em conjunto com estudantes e técnico-administrativos. “O Future-se irá atingir a UFPA como um todo. Então, é importante discutirmos conjuntamente e construirmos de forma unificada estratégias de luta para enfrentar e barrar o programa em nossa Universidade”, defende Gilberto Marques.

Lançado em julho deste ano, o programa Future-se muda a configuração administrativo-financeira e didático-científica das universidades e institutos federais, ao repassar a gestão dessas instituições para Organizações Sociais. O projeto do governo ataca a autonomia universitária, e estimula a privatização e a cobrança de mensalidades, além de precarizar ainda mais o trabalho docente.