Greve Geral será marcada em Belém por ato público na Praça da República

Um ato público nas ruas de Belém vai marcar a Greve Geral neste dia 14 de junho, na capital paraense. A concentração será a partir das 10 horas, na Praça da República, de onde os manifestantes devem sair em caminhada até o Mercado de São Brás.

A ADUFPA orienta os professores da UFPA a paralisarem as atividades docentes e fortalecerem a manifestação unificada com as demais categorias. No ato público, a diretoria da ADUFPA pretende aglutinar uma forte coluna de professores, com faixas, coletes e cartazes, para denunciar os cortes no orçamento das universidades públicas, além de combater a Reforma da Previdência.

A expectativa é que a Greve Geral seja um movimento forte. Além de docentes e técnico-administrativos da UFPA, a mobilização terá a adesão no Pará de servidores de diversos órgãos federais, trabalhadores das redes estadual e municipais de ensino, professores de escolas privadas, bancários, rodoviários, urbanitários e trabalhadores da construção civil, entre outras categorias.

No Pará, estão previstas manifestações em dezenas de cidades, entre elas Belém, Marituba, Castanhal, Altamira, Cametá, Marabá, Santarém, Bragança, Breves, Abaetetuba, Capanema, Colares, Curralinho, Dom Eliseu, Eldorado dos Carajás, Igarapé-Miri, Jacundá, Mãe do Rio, Nova Ipixuna, Parauapebas, Pau D’arco, Rondon do Pará, Salinas, São Domingos do Capim, São Félix do Xingu, São Geraldo do Araguaia, São João da Ponta, Redenção, Tracuateua, Vigia, Xinguara, Alenquer, Itaituba, Almeirim, Mojuí dos Campos, Irituia, Aurora do Pará, São Miguel do Guamá, São Francisco do Pará, Terra Alta, Magalhães Barata, Igarapé-Açu, Inhangapi e Santa Maria do Pará.

Na capital paraense, além da manifestação no centro da cidade e das paralisações das categorias, estão programados trancaços ao longo do dia na Rodovia Arthur Bernardes, na BR-316 e na Almirante Barroso.