1º de maio será marcado por ato unificado no Mercado de São Brás

O Dia Internacional de Luta da Classe Trabalhadora, 1º de maio, será marcado por atos unificados em todo o país. Em Belém, a manifestação será a partir das 9 horas, no Mercado de São Brás, reunindo dezenas de categorias e nove centrais sindicais.

O ato público terá como eixo a luta contra a Reforma da Previdência e vai denunciar os ataques do governo Bolsonaro aos direitos dos trabalhadores. A ADUFPA convoca os docentes da UFPA a participarem do protesto, fortalecendo a luta em conjunto com as demais categorias.

A manifestação deste 1º de maio deve, também, oficializar a convocação unificada de uma greve geral para 14 de junho em todo o Brasil, além de fortalecer a paralisação nacional dos trabalhadores da educação, prevista para 15 de maio.