ADUFPA - Ato em Belém defende redução do preço dos combustíveis e manifesta apoio aos caminhoneiros

Associação de Docentes da UFPA

Seção sindical do ANDES-SN

Olá visitante

Login ▼

Publicado em 29/05/2018

Ato em Belém defende redução do preço dos combustíveis e manifesta apoio aos caminhoneiros

A CSP-Conlutas promove nesta terça-feira, 29, em Belém, um ato público em defesa da redução do preço dos combustíveis e em apoio à greve nacional dos caminhoneiros, que chegou ao seu 9º dia. A manifestação conta com o apoio da ADUFPA e ocorrerá a partir das 18 horas, no Mercado de São Brás.

 

Além de apoiar a greve e defender a redução do preço dos combustíveis, os manifestantes exigem, também, a diminuição do valor do gás de cozinha e a construção de uma nova greve geral no país, para barrar o ajuste fiscal do governo Temer.

 

O Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN) lançou uma nota em solidariedade à greve, apesar das contradições do movimento. “Não é sem contradições que essa mobilização ocorre, mas diferentemente de outros momentos em que os interesses patronais paralisaram o setor, boa parte das reivindicações dos caminhoneiros nesta luta é justa e em sintonia com os interesses da classe trabalhadora”, apontou o Sindicato Nacional.

 

Na nota, o ANDES-SN critica a política econômica de Temer e defende a unificação das lutas em defesa da Petrobrás 100% pública e estatal e dos direitos da classe trabalhadora. “Para fortalecer a mobilização contra as políticas do governo, é urgente unificar as lutas em curso no país e exigir das centrais sindicais a convocação de uma nova Greve Geral em defesa dos direitos sociais, contra a EC 95 e a Reforma Trabalhista e pelo Fora Temer!”, finaliza o documento do Sindicato.

 

A greve dos caminhoneiros começou no último dia 21 de maio e chegou a obstruir quase 1,3 mil pontos em dezenas de rodovias do Brasil. Atualmente, segundo a Polícia Rodoviária Federal, 564 locais ainda continuam com caminhoneiros parados à beira da estrada.