ADUFPA - Sintrajud pede direito de resposta a Grupo Globo por campanha contra servidores

Associação de Docentes da UFPA

Seção sindical do ANDES-SN

Olá visitante

Login ▼

Publicado em 10/01/2018

Sintrajud pede direito de resposta a Grupo Globo por campanha contra servidores

O Sintrajud vai protocolar notificação extrajudicial para exercício de direito de resposta junto à Direção de Jornalismo das Organizações Globo, representada pelo jornalista Ali Kamel, ao editor chefe do Jornal Nacional, William Bonner, e à diretora de conteúdo do Portal G1, Márcia Menezes. A reportagem questionada foi exibida no dia 5 de dezembro, quando servidores públicos de diversas categorias participavam das manifestações do Dia Nacional de Greve contra a Reforma da Previdência. Sob o título “Banco ressalta diferença entre salário de servidor e da iniciativa privada”, o material é um compilado de informações erradas e enviesadas (assista ao vídeo aqui).

 

A representação do Sindicato destaca que, sob a justificativa de apresentar dados do Banco Mundial, “várias informações inverídicas foram divulgadas, contrárias às tabelas remuneratórias dos servidores do Poder Judiciário da União, categoria representada pelo sindicato notificante. Em síntese, afirmou-se que a remuneração de entrada de um advogado nesse setor é de R$ 30.000,00 (trinta mil reais).”

 

Com esses dados, reforça a notificação, a matéria induz a população a “uma percepção equivocada dos servidores públicos, de seu regime remuneratório e previdenciário”.

 

Com base na Lei 13.188/2015, a interpelação pede o exercício do direito de resposta do sindicato por meio de publicação de texto e vídeo no portal G1 e exibição do material a ser encaminhado pelo Sintrajud no Jornal Nacional, com mesmo espaço editorial na plataforma online e tempo nas mídias de radiodifusão do Grupo Globo nos quais a reportagem foi reproduzida. Aponta ainda o pedido que a resposta produzida pelo Sindicato deve receber da empresa o “destaque, a publicidade, a periodicidade e a dimensão da matéria que a ensejou”.

 

Fonte: Sintrajud