ADUFPA - ADUFPA participa de reunião com professores do ICSA

Associação de Docentes da UFPA

Seção sindical do ANDES-SN

Olá visitante

Login ▼

Publicado em 23/11/2017

ADUFPA participa de reunião com professores do ICSA

A ADUFPA reuniu na manhã de hoje, 23, com professores do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA) da UFPA, para discutir estratégias de resistência da categoria aos ataques do governo Temer. A reunião debateu temas como o Plano de Demissão Voluntária (PDV), a Reforma da Previdência e a Medida Provisória 805/2017, que suspende o reajuste salarial previsto para 2018 e aumenta a contribuição previdenciária de 11% a 14% sobre a parcela do salário que excede o teto do Regime Geral da Previdência, que atualmente está em R$ 5.531,31.

 

Durante a reunião, a diretora-geral da ADUFPA, Rosimê Meguins, traçou o cenário de dificuldades dos trabalhadores brasileiros com os projetos do governo Temer. “Temos que continuar investindo nas mobilizações e nas lutas e apostar na construção de uma nova greve geral, mas infelizmente as centrais sindicais não tem conseguido construir a unidade necessária para isso”, lamentou Rosimê.

 

Os professores do ICSA enumeraram as dificuldades que tem enfrentado na universidade para desenvolver as atividades docentes, como os cortes orçamentários, a redução de bolsas e a intensificação do trabalho docente. “O cenário financeiro da UFPA para 2018 é caótico”, alertou o docente da Faculdade de Economia, Gilberto Marques. Eles destacaram, ainda, a necessidade de articular possíveis parceiros entre sindicatos e movimentos sociais, a fim de fortalecer a mobilização contra a retirada de direitos do governo Temer e conter qualquer possibilidade de privatização das universidades públicas.

 

Ao final, Rosimê convidou os professores do ICSA a participarem do Encontro de Docentes da ADUFPA, que vai ocorrer nos dias 11 e 12 de dezembro na UFPA, e da próxima assembleia geral da categoria também no dia 12. Os professores do ICSA agendaram, ainda, uma nova reunião entre os docentes do Instituto no dia 28 de novembro, a fim de darem continuidade nas discussões e avançarem na mobilização no local.